Minhas dicas para blogueiros iniciantes

Tá, eu sei que é só fazer uma pesquisa que encontramos x^n tutoriais na web, além da página oficial de ajuda. Suponho que você está usando o blogspot (blogger) como CMS.

1) Blogger in draft
Para administrar o blog, procure acessar o blogger por essa página: draft.blogger.com/home - os recursos novos aparecem primeiro por aí.

2) Resista ao fundo preto!
Primeira "regra" básica: letras brancas e miúdas em blogs de fundo preto deixam as vistas embaralhadas. Tem que trocar o layout. Pode-se fazer isso usando os modelos-padrão do blogger, ou usar um template personalizado.

Hoje em dia é muito fácil trocar o template. Até pouco tempo, quando mudávamos o template, era preciso refazer toda a barra lateral. Agora a vida está mais fácil porque os "widgets" em uso podem ser salvos)
 
3) About me
Faça ou atualize uma página onde você diz quem é e de que trata o blog. Todo blog que se preze tem que ter um "Sobre" decente. E não, não tô falando daquele perfil padrão do blogger.

4) Lembre-se de incluir coisas básicas:
Ponha uma caixa de busca logo no início.
Links para o "sobre" e para o endereço do feed tem que estar disponíveis em todas as páginas.
Utilize o bom senso na hora de configurar o número de posts que aparecem em cada página. 50 posts em uma página só torna o carregamento demorado.
----------

Esses foram quatro conselhos gerais para a apresentação do seu blog. Para refletir sobre a parte mais conceitual, veja:
  1. Vale a pena estar na rede?
  2. Qual a diferença entre Blog e Site?

Rapidinhas #11

1) O Julio Cézar acaba de lançar seu blog: Jovem Economista. Já começou dando dicas de estudo para a ANPEC e sobre a vida acadêmica. Legal a iniciativa!

2) Aliás, lendo o Julio, me lembrei de uma passagem engraçada com o Ricardo Martini. Num post onde ele falava sobre seus preparativos para estrear na docência, um anônimo comentou que blogs com letras brancas em fundo preto ficam muito desconfortáveis para ler. Daí, Ricardo, que não entendeu direito, respondeu:
 — Anônimo, não te preocupa, os quadros das salas de aula da FACE-UFMG são todos brancos!

3) Em cima da hora: segunda, 25 de janeiro, é o prazo para quem quiser enviar artigo para ser publicado na revista Bahia Análise & Dados. O tema da próxima edição será "Reflexões sobre o pós-crise: possíveis cenários". Curiosamente, o periódico está indexado ao sistema Qualis, em áreas afins, mas não explicitamente à Economia. Mais informações na página da SEI e download do edital (pdf).

Homem grande do tripé pequeno

Sabe-se que tamanho é documento. Apesar de eu ser um cara de grandes proporções (120kg em 1,8m e calçar 44), meu tripé é pequeninho: atinge no máximo trinta centímetros quando está totalmente estendido. Veja aqui uma foto do "negoço" funcionando:

Hehehe, mas eu quero falar mesmo é daquilo que fica em cima.

É aquela história... "Você não pode comprar um bisturi e sair dizendo que você  é um cirurgião. Também não pode comprar um capacete e sair dizendo que você é astronauta. Mas pode comprar uma máquina fotográfica e sair dizendo que você é fotógrafo"

Pelo que andei lendo, melhor seria se tivesse controles manuais da abertura do diafragma e velocidade do obturador, mas comprei uma digital compacta mesmo. Dentro da faixa de preço que eu estava disposto a pagar agora, a Panasonic Lumix FS62 foi uma ótima aquisição. Tem um monte de firulas, como cenários pré-definidos e configurações automáticas. A câmera permite também ajuste manual do balanço de branco, Exposição EV e da Sensibilidade (ISO). 

Tô tentando aprender o minimum minimorum sobre fotografia, e por isso ainda não estou muito seguro dos significados e melhores usos dos nomes e siglas que citei no parágrafo anterior.

Criei um álbum no Flickr  (Foto Grafia) para ir registrando meus avanços. Óbvio que  os resultados saem no nível de um fotógrafo amador iniciante com câmera não-profissional. Mas já consigo perceber como algumas fotos poderiam ter ficado melhores e dá vontade de retornar aos lugares  para fazer novas tentativas.

Caminho da Roça


Ah! Notei que os parentes e amigos ficaram  um pouquinho sem paciência de esperar muito antes do clique. Acham que é só deixar no automático, mirar e bater!

Digam "xis"...

Basicamente temos que prestar atenção na composição da cena e ver a questão da luz. Na foto abaixo, por exemplo, utilizei um modo de cena que permitiu diminuir a velocidade do obturador para 15s, ISO 80 e sem uso de flash. Registrei as luzes noturnas da Cidade Sol  às 18h45 do primeiro dia do ano! (agora vá lá e veja a galeria completa).

Luzes noturnas da Cidade Sol

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...