Cinema do interior



Século passado Jequié chegou a ter três cinemas funcionando. Depois passamos décadas sem nenhum. Há alguns meses, um empreededor de longe ouviu os anseios da população e montou uma sala aqui na cidade.

Interessante a improvisação: um galpão, forrado por dentro com panos pretos. Dois arcordicionados e cerca de três ventiladores. O som não é dos melhores, os filmes em cartaz não são exatamente lançamentos.Ontem eu estava lá, na sessão da tarde, assistindo... Wall-E!

Não, não estou reclamando. Primeiro, ir ao cinema é uma experiência diferente de assistir o filme em casa. Segundo, os preços são razoáveis. 

No início só passavam filmes dublados. O povo pediu, e agora já passam filmes legendados de vez em quando. Fizeram uma carteirinha de descontos e tem até um site com a programação. Aos poucos, eles vão se ajustando de acordo com a demanda. E, lógico, a lei da oferta e da procura está presente: o preço do ingresso aumentou aumenta nos fins de semana!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quero saber sua opinião. Mas veja que embaixo do formulário está escrito "comentar como: Selecionar perfil".

Clique para escolher uma das opções para se identificar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...