Anotações em livros

Acabo de ver o tweet do Azevedo sobre o site Trocando Livros. Me cadastrei, mas talvez não possa participar. Nas perguntas frequentes está escrito que o livro a ser enviado não pode conter rasuras ou anotações (dedicatórias estão liberadas).

Os meus estão em bom estado, mas geralmente são cheios de marcações e comentários. E se custou caro, tem mais é que ser usufruído mesmo. Tem pessoas que colocam o volume no pedestal: não escrevem, não rabiscam, não dobram e ainda enrolam numa toalha. Para mim, ter um livro e não rabiscar é como namorar e não poder...

Eu sou a favor e inclusive faço anotações em livros de bibliotecas públicas. Mas falarei disso depois (saiba porquê).

Para saber mais sobre o esquema de receber e enviar livros, um monte de gente comentou lá no Calebe e no Sedentário. Também há quem ficasse desapontado.

7 comentários:

  1. Agora fiquei curioso para ver teu argumento.
    Para meus livros, marcar a lapis quando não tenho outra saída.
    Para os livros de bibliotecas, jamais.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. eu não concordo com essa idéia. Qualquer um acha que sua opnião vale mais doque a do próximo.
    Acho que no máximo anotações de lápis, bem fraquinha.

    ResponderExcluir
  3. Sou a favor dos comentarios a lápis e marca texto, nenhum deles atrapalha a leitura do texto original.

    ... o resto é frescura!

    www.icq.com/blogs/147889677

    ResponderExcluir
  4. Eu uso marca texto nos meus livros e faço anotações a lápis.
    Nunca fiz em de bibliotecas públicas, mas já peguei alguns com anotações.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Orlando, no final das contas, fiz um post explicando. Já tinha gente me chamando de "hijo de puta"! (risos)

    Rodrigo, sim, anotações a lápis, apenas em livros públicos.

    Erlon, qualquer marca vai acabar chamando a atenção do próximo leitor.

    Lu Dias, o ideal mesmo seria depois transferir essas anotações nas bordas das páginas para um lugar mais facilmente pesquisável, como o Evernote, por exemplo.

    ResponderExcluir
  6. Oi Enoch, vou ver se o uso do Evernote, para mim, será algo que realmente vou usar...eu ainda "amo" as fichas para anotações...rs..
    Mas sua idéia é boa, vou testar.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Discordo plenamente em relação a rabiscar livros, os livros da biblioteca é um bem público, devermos considerar que a opinião do leitor não dever interferir o outro leitor, sabemos dificuldade que as bibliotecas tem um adquirir livros novos... Os livros rabiscados têm o tempo de vida menor do que os que não são rabiscados... Selar pela cultura e a educação e selar para o futuro do BRASIL.

    ResponderExcluir

Quero saber sua opinião. Mas veja que embaixo do formulário está escrito "comentar como: Selecionar perfil".

Clique para escolher uma das opções para se identificar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...