Iniciação científica - o que vem depois

Vale a pena refletir sobre um texto disponível no Rabiscos Econômicos e replicado pelo pessoal do  Gustibus...  onde comenta-se que um aluno não pôde inscrever num seminário de iniciação científica uma pesquisa que ele próprio havia desenvolvido. Philipe disse:
Bom, eu apresento outra triste realidade que acontece pós-formatura: se você não estiver amparado por uma instituição, ser um pesquisador independente, tudo fica mais difícil.  
 
Eu senti isso na pele, quando era recém-formado e tive a oportunidade de integrar uma equipe técnica na elaboração de um projeto. Minha contribuição ali era relevante, pois eu já havia feito um estudo sistemático sobre a comercialização de carne de bode em Jequié. Mas eu me sentia meio solto nessa equipe,  porque meu trabalho ali era voluntário e todos que os outros, com exceção de mim, estavam amparados por alguma instituição - prefeituras, agências de fomento, outras organizações...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...